terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

História sendo feita na Polônia com implementação do desafio no final four da Champions masculina!


Como vocês sabem, nós não costumamos escrever sobre o voleibol masculino, mas essa notícia merece um parêntese, já que pode mudar a história do voleibol daqui para frente. A CEV anunciou que irá implantar no final four da Champions League Masculina deste ano, que acontecerá em Lodz, na Polônia, nos dias 17 e 18 de março, o sistema de desafio já existente no tênis.

Assim, os capitãs de cada equipe poderão ao longo do jogo desafiar a decisão do juiz, que será revista atravez do auxílio da tecnologia. O sistema inovador já vinha sendo testado gradualmente na liga polonesa, onde todos os jogos dos playoffs são transmitidos, e agora será testado no maior evento europeu do esporte.

Similar ao sistema computadorizado "hawk-eye" usado no tênis, o desafio acontecerá com o auxílio de câmeras slow motion instaladas em todo o ginásio, inclusive na rede. Os capitãs de cada time terão o direito de desafiar o juiz apenas duas vezes por set. O vídeo será revisto pelo segundo árbitro junto ao capitão do time que desafiar. Caso o time acerte o desafio, mantém o direito do mesmo no set.

A implementação desse sistema tem tudo para revolucionar o voleibol e caso seja aprovado pela FIVB pode entrar já nas Olimpíadas de 2012.

A Polônia, há alguns anos, apresenta a melhor transmissão de voleibol do mundo e mais uma vez o país mostra sair na frente em busca da organização e desenvolvimento do esporte.


fonte: cev.lu

2 comentários:

  1. Como eu queria vivenciar essa fantasia que é o vôlei na Polônia.Infelizmente moro nesse país onde só tem valor novela das 8,carnaval e futebol.Fazer o quê?

    ResponderExcluir
  2. Vai acrescentar muito ao vôlei , ontem achei no YouTube um vídeo da Liga Polonesa Masculina , realmente é um sistema muito bom , e que deve ajudar muito no vôlei. Parabéns para a CEV por sair na frente na implantação desse sistema.
    Tomara que seja usado nas Olimpíadas-2012 , vai ser muito legal. Realmente o Brasil fica para trás mais uma vez. Lamentável mesmo Jailson , investem milhões no Carnaval para ter dois dias de festa , e na maioria das vezes é tudo armado. Não sei como um país com o Brasil pode atrair tantos estrangeiros para a Superliga , se alguns ginásios não tem estruturas para receber alguns jogos. E ainda falam que o Brasil vai ser bi-campeão olímpico. Parabéns CEV.

    ResponderExcluir

Qualquer mensagem de conteúdo ofensivo será excluída. Respeitem o voleibol.